Texto e fotos copyright Márcio Sousa.
Para posts anteriores seleccionar os arquivos na coluna da direita.
Clicar nas fotos para ampliar.
Obrigado pela visita e comentários.
Márcio Sousa

sábado, 26 de fevereiro de 2011

Vinda do AN-124 a Madeira não passou de um sonho

Reparação em Las Palmas


Madeira não tem capacidade logística para reparar a avaria


O navio graneleiro 'Cape Mor' que encontra-se fundeado desde a passada quarta-feira no fundeadouro do porto do Funchal, deverá deixar as águas madeirenses no decorrer deste fim de semana rumo ao porto de Las Palmas.


Segundo o DIÁRIO apurou, apesar de o navio ainda ter uma avaria na 'máquina', que provocou a sua permanência na Região, primeiro na Ponta do Pargo e agora no fundeadouro do Funchal, o facto de a Madeira não ter condições logísticas para a reparação levou à opção do armador.

A falta de um estaleiro capaz de receber um navio com estas dimensões - cerca de 300 metros de comprimento - bem como o facto de o porto do Funchal encontrar-se nesta altura do ano com reservas de paquetes, hipotecaram que a reparação global da avaria tivesse lugar na Região.

Assim, o navio que está a ser submetido a inspecções diversas por parte do Instituto Portuário e dos Transportes Marítimos e da Capitania do Porto do Funchal, deverá receber autorização para deixar as águas madeirenses e rumar, pelos seus próprios meios até ao arquipélago das Canárias.

Recorde-se que este navio fundeou inadvertidamente no passado sábado, a cerca de uma milha do calhau das Achadas. Após um 'braço de ferro' com as autoridades portuguesas, o navio - após reparar parte da avaria - acatou as ordens e rumou ao fundeadouro do porto do Funchal.

Fonte: DN

Fica gorada assim a vinda do AN-124 a Madeira, enquanto houver canárias "por perto" vai tudo pra lá turismo, aviões, etc...Portugal no seu melhor.

Movimento para Canárias

As ilhas canárias estão já em overbooking, pois é constante o movimento diário para estas ilhas, como podemos ver pelas imagens da radarbox.

É este o cenário...



Mundo Aviação: Líbia solicita devolução dos seus caças Mirage F1

Mundo Aviação: Líbia solicita devolução dos seus caças Mirage F1: "Os dois caças Mirage F1 da Líbia permanecem no Aeroporto Internacional de Malta, sob a guarda de soldados malteses O governo da Líbia ofici..."

INIT PAGE: ILS - Instrument Land System - O que é, como funci...

INIT PAGE: ILS - Instrument Land System - O que é, como funci...: "ILS é um sistema de pousos por instrumentos formado pelo Glide Slope, que emite sinais indicativos da rampa de aproximação, pelo Localizer (..."

Easyjet a 300NM

Easyjet G-EZTA a 300nm acabado de descolar de Gran Canaria

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Emirates skycargo

Hoje ta visto que é dia de cargueiros, um bom pronúncio para breve :)

A passar neste momento pela Madeira


Lan cargo

A passar neste momento a "esgalhar" a uma velocidade de 520KT e FL309

Widebodies da Tam

Os widebodies nocturnos da Tam entre as 0h00 e as 02h00 com céu limpo é vê-los passar um atras do outro.
Estes aqui iam praticamento juntinhos, apenas separados pela altitude, um a FL330 e outro a FL370




Outas aeronaves captadas durante esta noite:
E94041  RSU543   CP-2603 B744  Aerosur    2011/02/24 05:12:47  Pintura espectacular

152C96  VDA137 RA-76950 IL76  Volga Dnepr Airlines 2011/02/24 05:44:37

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Dois caças Mirage F1 da Líbia aterram em Malta

Dois helicópteros civis Super Puma com registros franceses aterraram hoje em Malta, juntamente com dois caças Mirage F1 monolugares da Força Aérea da Líbia. Nos helicópteros haviam 4 pessoas em um deles e no outro mais 3 pessoas. Os caças Mirage solicitaram o pouso já com pouco combustível nos tanques. Os pilotos, ao que tudo indica, desertaram da Líbia após receberem ordens para disparar contra os manifestantes em Bengazi.

Os dois Mirage F1 pilotados por coronéis da força aérea líbia saíram de uma base perto de Trípoli, voaram abaixo dos radares até sairem do território. Eles fizeram contato com o aeroporto de Valletta, na ilha do Mediterrâneo, e fizeram um pouso não previsto. Lá, eles pediram asilo político.

As aeronaves militares estão sendo mantidas no Aeroporto Internacional de Malta, de acordo com práticas legais. Os dois pilotos estão passando por interrogatório policial para buscarem maiores informações.
Fontes indicam que os pilotos inicialmente solicitaram reabastecimento, mas no entanto disseram que o pouso foi inesperado.
Os passageiros dos helicópteros seriam franceses. Fontes disseram que os helicópteros “escaparam da Líbia sem liberação oficial”.
Apesar do caos que existe atualmente na Líbia, parece que dentre os passageiros que partiram nesse voo, apenas um levava passaporte. A polícia local está checando as identidades dos passageiros enquanto estão no aeroporto.





Fonte : Mundo Aviação

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

domingo, 20 de fevereiro de 2011

Welcome air

 Dornier 328 da Welcome Air fez night stop no aeroporto da Madeira.
 
OE-GBB


Esta foi tirada em julho do ano passado.

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

DB Air One

Estreia deste Tuifly na Madeira com a nova pintura especial.


Tuifly
B737-8K5/W
D-ATUE

Data: 01/02/2011
Hora: 08h05